9 de setembro 2021 Responsabilidade social

Setembro amarelo

Muitas pessoas, pelos mais diversos motivos, já pensaram em dar um fim à própria vida. Por causa disso, em 2015, foi criada no Brasil a campanha Setembro Amarelo, um trabalho conjunto do CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria).

Em resumo, a proposta consiste em associar a cor amarela ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro. O objetivo da campanha é dar visibilidade à causa e conscientizar as pessoas quanto à importância de se falar sobre a saúde mental.

Nós, da C.A.C Engenharia, reconhecemos a relevância dessa campanha. Continue lendo e entenda melhor sobre o Setembro Amarelo no Brasil e sua importância.

A campanha

A origem da campanha se deu em 1994, nos Estados Unidos, depois que Mike Emme, um garoto de apenas 17 anos, tirou a própria vida. Mike era muito habilidoso e possuía um automóvel Mustang 68, que ele mesmo restaurou e pintou de amarelo. Os familiares e amigos do jovem não perceberam qualquer sinal que apontasse para tendências suicidas, por isso não conseguiram salvá-lo.

Na ocasião do velório de Mike Emme, seus amigos levaram uma cesta com cartões e fitas amarelas com a mensagem “Se precisar, peça ajuda”. Por isso o laço amarelo até hoje simboliza a campanha que incentiva a busca por ajuda pelas pessoas com pensamentos suicidas.

O dia 10 de setembro foi instituído como Dia Mundial da Prevenção do Suicídio em 2003, pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Dados

Estima-se que todos os anos no Brasil ocorram aproximadamente 12 mil suicídios. Esse número chega a 1 milhão por ano no mundo. Pesquisas apontam que mais de 90% dessas ocorrências estão relacionadas com transtornos mentais, dentre os quais a depressão ocupa o primeiro lugar na lista. O transtorno bipolar e o abuso de substâncias são outros dos principais motivos.

Apesar dos números alarmantes, ainda existe certa resistência para se falar sobre o assunto, por isso é tão importante a existência de uma campanha que se propõe a colocar o tema em pauta e trabalhar pela conscientização tanto da sociedade, sobre como identificar sinais de ideação suicida, quanto para incentivar as pessoas que estão sofrendo com isso para buscarem ajuda.

É importante destacar que a tentativa de suicídio pode acontecer entre pessoas de qualquer faixa etária, gênero ou classe social, mas existem alguns fatores que podem ampliar o risco, como a apresentação de transtornos psiquiátricos.

Problemas financeiros também são apontados como fatores de risco, bem como a solidão, sentimento de incapacidade e falta de perspectiva no futuro, comuns em idosos acima de 65 anos.

A C.A.C e o Setembro Amarelo

A C.A.C entende a importância de se conversar sobre saúde mental e vamos ter uma palestra no dia 10/09 para os funcionários com a Professora da Unibh Cristina Marília da Silva sobre Saúde, além de diversas ações sobre a importância da escuta e do acolhimento, não somente durante o setembro amarelo, mas em todos os meses do ano.

Peça ajuda

O Centro de Valorização da Vida (CVV) é uma das ONGs mais antigas do país, fundada em São Paulo em 1962. A organização, reconhecida como Utilidade Pública Federal desde a década de 1970, atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio pelo telefone 188, e também por chat, e-mail e pessoalmente.

Se pensar em suicídio busque ajuda, ligue para o CVV. A chamada para o 188 é gratuita para todo o Brasil.

Voluntários ficam à disposição 24 horas para oferecer atendimento pelo telefone ou pelo chat online no site. O atendimento é anônimo e realizado por voluntários que guardam sigilo.

Falar é a melhor solução!

Fale conosco

Fale Conosco
Youtube CAC

Receba nossas notícias

Receba as notícias do nosso blog em seu e-mail e fique por dentro das dicas e informações sobre o mercado imobiliário.

Newsletter