29 de julho 2021 Arquitetura e decoração

Projeto de paisagismo nos empreendimentos

Uma área verde no condomínio faz toda diferença, não é verdade? E hoje cada vez mais pessoas têm buscado inspiração para terem um cantinho verde dentro de seus apartamentos também, já que mesmo pequenas plantinhas são capazes de transformar o ambiente.

Para falar sobre o assunto, nada melhor do que uma opinião profissional. Por isso, convidamos o Ronaldo Henrique Soares de Moraes, arquiteto paisagista e diretor da Forma Garden Arquitetura Paisagística, para explicar um pouco como são pensados os projetos paisagísticos de um empreendimento. Acompanhe!

Opinião do especialista

Quando somos convidados para realizar o projeto paisagístico de um empreendimento, o primeiro passo é realizar um estudo geral sobre o terreno, analisando questões como conhecimento do entorno, clima da região, incidência solar e ventilação, o que pode influenciar bastante na escolha do tipo de vegetação. Em um segundo momento, realizamos um estudo sobre o projeto arquitetônico desenvolvido previamente, analisando o estilo arquitetônico, as intenções do arquiteto, o programa proposto e as necessidades e potenciais de cada área, de forma a propor jardins que se integrem com a arquitetura. Além disso, é necessário considerar as demandas ambientais da legislação local, por exemplo, o que se refere à compensação das árvores que foram removidas.

A partir desses estudos, temos vários parâmetros para o desenvolvimento do projeto paisagístico, que se inicia com a etapa de estudo preliminar, momento em que é feita a escolha das espécies de forrações, arbustos e árvores a serem utilizadas nas áreas de jardim. Para cada ambiente essa vegetação desempenha um papel específico, podendo ser usada para dar privacidade, esconder o que deve ser escondido, como muros e áreas técnicas, e valorizar as áreas de encontro e estar, como piscinas, praças e portarias. Dessa maneira, são criados espaços harmônicos e ecológicos, o que contribui para a saúde física e mental dos moradores.

Contudo, é importante que essa vegetação não encontre um ponto final nas áreas comuns dos edifícios, e deve ser trazida também para os apartamentos de cada morador. Gostaria de conhecer mais sobre que tipos de planta colocar no seu apartamento? Fique ligado que no dia 12/08 o Ronaldo vai estar de volta com dicas para escolher vasos e plantas para ambientes com pouca ou muita luz.

Gostou das informações compartilhadas pelo diretor da Forma Garden? Para conhecer mais sobre a empresa, visite seu site.

Fale conosco

Fale Conosco
Youtube CAC

Receba nossas notícias

Receba as notícias do nosso blog em seu e-mail e fique por dentro das dicas e informações sobre o mercado imobiliário.

Newsletter