18 de março 2021 Estilo de vida

Cuidados com o pet no apartamento

Ter um animal de estimação requer cuidados específicos, para o bem-estar de todos. Para quem mora em apartamento, surgem alguns cuidados extras, afinal existem regras de boa convivência nos condomínios e é preciso levar em consideração que o espaço de outros moradores deve ser preservado.

Mas com atenção e carinho, é perfeitamente possível ter um pet e morar em apartamento. Por isso hoje trazemos algumas dicas para facilitar essa tarefa. Confira!

Segurança

Assim como quem tem crianças precisa se preocupar com os riscos de uma janela ou sacada, os donos de bichos de estimação também devem se atentar à necessidade da instalação de telas de proteção no apartamento.

Gatos têm facilidade de subir em lugares mais altos, e os cachorros são curiosos e também podem conseguir alcançar a janela ou sacada. Existem no mercado redes de proteção baratas e bastante resistentes e duráveis, que evitam que os animais fujam ou caiam.

Espaço exclusivo

Por mais que o animal tenha acesso a todos os cômodos do apartamento, o ideal é que ele tenha um cantinho exclusivamente seu, onde ficará sua água e comida, uma caminha caso seja necessário e um lugar para que ele faça suas necessidades.

Para gatos, o uso da caixa de areia é o mais recomendado. Para cães, existem tapetes higiênicos descartáveis para essa finalidade, mas caso não seja possível, forrar com jornal o cantinho especifico para as necessidades e treinar o bichinho para isso pode ser o suficiente.

Limpeza

A limpeza é um dos principais pontos que merecem atenção quando se tem um pet em apartamento. Ter um aspirador de pó pode ser bastante útil para retirar os pelos que se desprendem dos bichinhos, mas um pano úmido também resolve.

O local onde o pet faz as necessidades precisa ser limpo diariamente e vale até mesmo investir em um eliminador de odores.

Atente-se também para a limpeza das áreas externas do prédio; sempre que sair com o animal, leve um jornal ou sacola plástica para recolher a sujeira que ele porventura fizer.

Perigos

Já que no apartamento os pets ficam “dentro de casa” o tempo todo, é fundamental se atentar a riscos que podem correr, por exemplo, com pequenos objetos que possam ser engolidos, com plantas que são tóxicas e com remédios e produtos de limpeza.

Do mesmo modo que é importante perceber os perigos à saúde do animal, é necessário também verificar itens e objetos que devem estar fora do alcance dos pets para que eles não os danifiquem, como chinelos, sapatos e enfeites.

Existem várias opções de brinquedos para os animais, como mordedores, que os ajudam a aliviar a tensão e se distrair.

Atenção às regras

Todo condomínio tem seu regulamento, com regras específicas, por isso é importante consultar o que diz sobre os pets. Alguns prédios podem determinar restrição com relação ao porte dos animais e impor recomendações quanto ao uso das áreas comuns, com elevadores e espaços para lazer.

Contudo, mesmo que não haja regras específicas, o ideal é ter bom senso e evitar que o animal circule solto e aproxime-se de outros condôminos.

Hoje em dia, alguns empreendimentos têm implementado em seus condomínios um espaço coletivo especialmente preparado para os pets, os chamados “pet place” ou “espaço pet”.

Nós da C.A.C Engenharia contamos com o Vista Park, um condomínio em Belford Roxo/RJ, que traz dentre seus diferenciais, além de espaço gourmet, churrasqueira, playground e bicicletário, um espaço pet pensado para os moradores que se importam com a segurança e bem-estar de seus animais.

Para saber mais sobre esse e outros dos nossos empreendimentos, siga nossas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Fale conosco

Fale Conosco
Youtube CAC

Receba nossas notícias

Receba as notícias do nosso blog em seu e-mail e fique por dentro das dicas e informações sobre o mercado imobiliário.

Newsletter